Confira 03 dicas de SEO cruciais para otimizar as redes sociais da sua empresa

 

Antes de tudo SEO significa Search Engine Optimization. E afinal, você sabe na prática, o que é isto e quais são as suas vantagens? Confira conosco como esta estratégia é fundamental para sua empresa ganhar destaque, visibilidade no mundo digital e, como consequência, mais leads, clientes e faturamento para o seu negócio.

 

É de praxe que em um mundo corporativo extremamente competitivo, as organizações lutam para obter destaque e sair na frente da concorrência. O mesmo princípio, aliás, é seguido no âmbito digital que tem atraído e conquistado parte (por muitas vezes majoritárias) da clientela.

 

Sejam redes sociais, blogs institucionais ou sites corporativos, é notório que oferecer conteúdo relevante não basta. Portanto para que o seu perfil nas redes esteja mais atrativo e alcance um público ainda mais abrangente requer-se os seguintes critérios:

 

1) Página Dinâmica

 

De nada adiantará criar uma rede social com fins organizacionais caso a informação tenha que ser “escavada” pelo cliente.
Um perfil funcional e útil é aquele que, em alinhamento com peças de imagens e textuais, possa fornecer as informações principais da empresa sem mais de longas.

Para isto, sintetize o que não pode faltar. Isto se refere a telefones, endereço, sites ou demais links corporativos.
E saiba também distribuir adequadamente as informações nos conteúdos divulgados. Não caia no erro de sobrecarregar no uso de imagens quando a ferramenta volta-se mais ao textual ou vice-versa.

 

2) Particularidades

 

Já ouviu aquela história de que cada uma das redes tem sua particularidade? Pois é. Em uma pesquisa de audiência é notável o desnivelamento de idade, sexo ou até mesmo hábito do cliente em diferentes ambientes digitais. O mais importante disto tudo é sempre atentar-se ao funcionamento e algoritmo geral da ferramenta.

 

Hashtags? Aposte ainda mais no Instagram e Twitter.

Mas atenção ao horário da postagem em qualquer rede. Funciona da mesma forma que a televisão: o pessoal sempre tem um horário predileto para entrar nas redes e é nesta hora que a sua marca tem que marcar presença lá. E lembre-se: a frequência é mais importante que a quantidade de publicações!

 

Além disto: jamais se esqueça do principal, que é a sua marca embutida em mais um projeto. Deve haver personalização e organização de ideias nas ações desenvolvidas para que todos os conteúdos de alguma forma remetam à sua identidade visual e à sua cultura organizacional.

 

3) Engajamento

Sem dúvidas a interação nas redes é o ápice de sua usabilidade. E relacionar-se com os demais perfis além de reproduzir uma boa imagem e reputação à empresa, também posiciona ou rankea melhor uma publicação.

Use de dados relevantes ao público-alvo e, dependendo da rede social escolhida, não se esqueça da importante visibilidade na qual os stories se enquadram.

 

É importante também procurar comentar e responder os comentários, por exemplo. Isto o mais breve possível de modo que o usuário sinta-se mais próximo a corporação além de trazer notabilidade à postagem. Esta é uma forma de mudar até mesmo a concepção dos clientes sobre a empresa, mostrando preocupação e fornecendo de fato atenção as principais dúvidas do público.

 

Inclusive aproveite para neste e até em outros momentos, incentivar o público a manter uma interação. Sugestões exemplares são o “inscreva-se no nosso canal do Youtube”, “nos siga no Instagram”, “curta nossa página no Facebook”, entre outras.

 

Sabemos que este é um processo contínuo e de extrema relevância. Por isto cadastre-se em nossa NewsLetter e acompanhe as nossas redes sociais para ficar por dentro de dicas essenciais ao seu negócio.